(88)99216-3040

O Mestrado Profissional em Gestão de Negócios Turísticos – MPGNT é uma parceria entre a Universidade Estadual do Ceará (UECE) e o Centro Universitário Dr. Leão Sampaio (UNILEÃO). O programa busca suprir a necessidade de capacitação profissional para pessoas que atuam e possam vir a atuar no topo da atividade turística.

Visa formar gestores capazes de planejar e gerenciar políticas territoriais de bases sustentáveis. A atividade turística se desenvolve em uma base física ocupando, transformando e consumindo o espaço geográfico. Essa ocupação não pode e nem deve ser desordenada sob risco de inviabilizar a própria atividade turística a médio e longo prazos.

Estrutura curricular: O curso exige o cumprimento de 54 (cinquenta e quatro) créditos, sendo 24 créditos em disciplinas teóricas e práticas, obrigatórias e optativas, e 30 (trinta) créditos equivalentes a dissertação

Público-alvo: Profissionais de nível superior, graduados nas mais diversas profissões (bacharelado, licenciatura ou tecnológico) que trabalham ou que desejem atuar na área da gestão de negócios e territórios turísticos.

Linhas de pesquisa:

a. Turismo, Território e Desenvolvimento Local
b. Política, Estratégia e Gestão dos Negócios Turísticos

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (85) 98746-1676, (85) 9.9928-1144 e (85) 9.9992-9890.

Duração:

24 meses

Cronograma de aulas:

sextas-feiras das 18:30 às 22 horas e nos sábados das 8:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 17:00 horas, em intervalos de duas semanas.

Investimento:

R$ 1.100 mensais

Área de concentração:

Gestão dos Negócios e dos Territórios Turísticos

Inscreva-se

Quero me inscrever

1. Política, Estratégia e Gestão dos Negócios Turísticos

Parte da demanda por estes conhecimentos e práticas está relacionada à capacidade de criticar e de desenvolver políticas, ou de planejar os negócios turísticos em termos privados ou públicos. A definição de oportunidades, de potencialidades e de mercados emerge como discussão central das pesquisas privadas, que hoje não podem estar dissociadas de questões atuais de qualidade e de marketing, bem como de organização do trabalho e da logística que a atividade requer e necessita para se desenvolver. Dentro desta linha de discussão do empreendimento turístico, se faz necessária definição de políticas públicas para apoiar as iniciativas que tanto podem ser de grandes grupos empresariais quanto de pequenos grupos ligados à comunidade, desenvolvendo os arranjos produtivos locais.

2. Turismo, Território e Desenvolvimento Local

Essa linha de pesquisa direciona as reflexões para o envolvimento dos profissionais do turismo com os territórios turísticos. Isto é, para que os profissionais não se voltem apenas para negócios, mas que tratem das relações do turismo com o lugar e com a comunidade receptora, abordando, portanto, as questões socioterritoriais e de desenvolvimento local e suas implicações com a região. Afinal, o negócio turístico tem capacidade de gerar impactos positivos e negativos sobre os territórios e lugares onde se instalam e dominam trazendo, muitas vezes, consequências indesejáveis que merecem avaliação, crítica e propostas de recondução. Essa linha de pesquisa direciona os estudos a prática do turismo em bases socioambientais sustentáveis.

Quero me inscrever