Professoras, egressos e alunos de Enfermagem publicam artigo científico na revista Brazilian Journal of Development

Estudo teve como objetivo identificar os motivos que dificultam e facilitam o acesso dos motoristas de transporte alternativo à Estratégia Saúde da Família. O Grupo de Pesquisa sobre Envelhecimento e Saúde Coletiva (GPESC), do curso de Enfermagem do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão), publicou o artigo […]

30/01/2020 08:30 am - Atualizado em 06/02/2020 16:32 pm - COMPARTILHE: - + Imprimir

Estudo teve como objetivo identificar os motivos que dificultam e facilitam o acesso dos motoristas de transporte alternativo à Estratégia Saúde da Família.

O Grupo de Pesquisa sobre Envelhecimento e Saúde Coletiva (GPESC), do curso de Enfermagem do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão), publicou o artigo intitulado “Motoristas de transporte alternativo: fatores impeditivos e facilitadores ao acesso à Estratégia Saúde da Família” na revista científica Brazilian Journal of Development. A revista possui Qualis B2, de acordo com a classificação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O estudo foi desenvolvido pelos membros do GPESC: professoras Ana Maria Machado Borges e Ana Paula Ribeiro de Castro, os egressos Tamiris Barbosa Cordeiro, Ozeias Pereira de Oliveira e Luzianne Clemente de Meneses, e os alunos Hercules Pereira Coelho, Isabelly Rayane Alves dos Santos e Cicera Emanuele do Monte Simão. O estudo teve por objetivo identificar os motivos que dificultam e facilitam o acesso dos motoristas de transporte alternativo à Estratégia Saúde da Família.

“Os participantes da pesquisa eram adultos, trabalhadores, sem comorbidades clínicas e que não procuravam os serviços de saúde. Sendo assim, existe a necessidade de implementar ações de prevenção e promoção da saúde, com meios alternativos e facilitadores ao acesso dos mesmos às redes de atenção à saúde”, explicou a profa. Ana Borges.

Compreender as particularidades humanas, servindo e restabelecendo a saúde da população.


COMPARTILHE: