Lei exige inclusão de profissionais de Serviço Social e Psicologia em escolas públicas

Cursos de Serviço Social e Psicologia da Unileão formam profissionais capacitados para garantir o bem-estar e a integração de indivíduos à sociedade em todos os níveis de desenvolvimento humano. As escolas da rede pública de educação deverão contar com profissionais de Psicologia e de Serviço […]

30/01/2020 09:16 am - COMPARTILHE: - + Imprimir

Cursos de Serviço Social e Psicologia da Unileão formam profissionais capacitados para garantir o bem-estar e a integração de indivíduos à sociedade em todos os níveis de desenvolvimento humano.

As escolas da rede pública de educação deverão contar com profissionais de Psicologia e de Serviço Social para atender às necessidades e prioridades definidas pelas políticas de educação do país. A determinação consta na Lei 13.935/2019, promulgada pelo Governo Federal em dezembro do ano passado. Segundo a norma, o objetivo é desenvolver ações para a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem, com a participação da comunidade escolar atuando na mediação das relações sociais e institucionais.

Para a coordenadora do curso de Serviço Social do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão), profa. Márcia Teotônio, além de ser um reconhecimento profissional, expandindo os espaços de inserção do assistente social e da psicóloga(o) no mercado de trabalho, essa lei é de extrema importância para a população.

“Essa é uma conquista grandiosa para ambas as categorias profissionais que se empenharam por muitos anos para conseguir aprovar essa lei, porque a escola tem o papel de educar, mas recebe o aluno marcado por várias feridas da sociedade que precisam ser curadas e os profissionais com competências e habilidades para equacionar esses problemas são os assistentes sociais e os psicólogos. O grande ganho da lei vai ser para a sociedade, no sentido de resolver problemas e, consequentemente, fazer com que os alunos avancem no processo de educação”, avaliou.

Já a profa. Flaviane Troglio, coordenadora do curso de Psicologia da Unileão, afirma que, a Psicologia Escolar atua como um agente transformador e potencializador de mudanças, por meio de um trabalho integral realizado com professores, equipe pedagógica, alunos, pais e toda a comunidade escolar.

“O profissional da psicologia além das várias atividades desenvolvidas no âmbito escolar, trabalhará na prevenção e promoção da saúde mental e bem estar dos estudantes, contribuindo no fortalecimento em lidar com suas emoções e questões que interferem diretamente na sua aprendizagem e no seu processo educacional.  A Psicologia também atuará junto aos professores e contribuirá no planejamento pedagógico da instituição” enfatizou. 

 “O ganho da sociedade com a aprovação da Lei que garante a inserção dos profissionais da Psicologia e do Serviço Social é imenso, pois esses profissionais atuarão de forma multi e interdisicplinar junto com a escola em prol da qualidade do processo ensino – aprendizagem e de todos os aspectos envolvendo esse contexto” finalizou prof Flaviane Troglio.

Ensino na Unileão

Na Unileão, os cursos de Serviço Social e Psicologia abrangem ensino, pesquisa e extensão, qualificando de forma sólida os profissionais responsáveis por garantir o bem-estar e a integração de indivíduos à sociedade. Contando com uma equipe docente referência na região, a Instituição dispõe do Núcleo de Apoio do Serviço Social (NASS) e do Serviço de Psicologia Aplicada (SPA), equipamentos essenciais para o desenvolvimento das atividades práticas dos estudantes, que promovem atendimentos à população.

Compromisso com os processos de transformações sociais e promoção da qualidade de vida.


COMPARTILHE: